Sunday, 28 September 2008

Contenção


Há oportunidades.
E convém aproveitar as que nos convém.
Por exemplo,
Procuro um lugar para estacionar o carro.
Está difícil.
A dada altura faz-se luz.
Encontro um bom lugar.
(Uma Oportunidade para estacionar.)
Manobra aqui.
Manobra ali.
Estaciono.
Desligo o carro.
Puxo travão de mão.
Abro a porta do carro.
Ouço:
“Está perfeito!”
Arrumador de Carros.
Ele também viu ali uma Oportunidade.
Tal como eu.
A minha foi honesta.
A dele não.
Ele leva moeda?
Leva.
Porquê?
Porque tenho amor pelo meu carro.
E pela sua estética.
Não é justo.
Mundo cão, este!

Grrrrrrrr.....!